Acqua-Blog-Camisinhas-Jan18

8 curiosidades sobre a camisinha

Sexo seguro é com camisinha. Apesar de isso ser amplamente divulgado, ainda existem muitos casais que “esquecem” do método contraceptivo e ficam vulneráveis a doenças ou gravidez indesejada. Nesse segundo caso, a pílula resolve, mas nunca contra doenças. Por isso, transe sempre com camisinha e fique tranquilo.

Separamos para você 08 curiosidades sobre a camisinha, confira:

Camisinha para dar e vender

Cerca de 18 bilhões de camisinhas são usadas durante um ano, segundo estimativas feitas pelo FPNU.

Papel na 2ª Guerra

Os soldados americanos usavam camisinhas, durante a 2ª Guerra Mundial, para proteger os rifles e outros equipamentos de guerra a fim de que não entupissem ou para evitar que entrasse água salgada na arma.

Materiais inusitados

Sabe de qual material eram feitas as camisinhas antigamente? De bexigas e intestinos de ovelhas, cabras e carneiros. Em outros casos eram feitas em linho, couro, seda, pele de peixe e até metal.

Testes de resistência da camisinha

Quando as camisinhas são produzidas inúmeros e rigorosos testes de resistência são feitos. Um deles é o de volume: em uma camisinha cabem até 3 litros de água.

Prevenidas

Apesar de alguns preconceitos ainda nutridos, as mulheres são responsáveis pela compra de aproximadamente 40% das camisinhas vendidas no mundo.

Camisinha histórica

Os primeiros registros de preservativos foram descobertos na Europa, pelos arqueólogos em uma caverna em Combarelles, na França. As pinturas rupestres de 11 a 13 mil anos, apresentavam os primeiros registros das camisinhas, usadas pelos egípcios em 1.350 a.C.

Gostos diferenciados

O tipo de camisinha usada em cada país varia. Nos EUA, o público prefere as feitas com materiais orgânicos e lubrificantes. Já os europeus, preferem as com texturas e designs diferentes e, os brasileiros, as camisinhas com sabor.

Em dinamarquês

As curiosidades terminam com um desafio: falar camisinha em dinamarquês. Svangerskabsforebyggendemiddel. Melhor deixar para a próxima, certo?

Gostou das curiosidades? Em breve, mais conteúdos interessantes no blog do Acqua Motel!

recem-casados

Leia Mais

curiosidades-casamento

Curiosidades sobre as tradições do casamento

O casamento é uma cerimônia atemporal, que jamais sairá de moda. Como o amor vai sair de moda, não é mesmo? É só falar em noiva e casamento que muitas simbologias e tradições vêm à cabeça. Existem algumas universais, outras locais e até mesmo tradições familiares.

A verdade é que estas simbologias são repetidas muitas vezes sem a gente saber a origem e até mesmo o significado, tamanha a força daquilo que já se tornou tradicional e clássico. Para ajudar nisso, separamos algumas curiosidades sobre a noiva, o casamento e os significados. Divirta-se!

Buquê

Antigamente a noiva andava até a igreja para a sua cerimônia de casamento. No caminho, ganhava flores, ervas e temperos, que depois eram reunidos em um buquê. A ideia era simbolizar fertilidade e boa sorte. O hábito de jogar o buquê só veio depois, como uma forma de compartilhar a felicidade e as boas energias.

Bolo de casamento

O bolo simboliza união, partilha e comunhão. Esse costume nasceu na França, berço da confeitaria. A história conta que alguém participou de um casamento no qual os noivos se beijavam por cima de uma mesa de doces. Então veio a ideia de acrescentar um bolo imponente, marcando o momento do corte com belas fotos.

Vestido branco

A cor recebeu notoriedade por causa da rainha Victoria, a primeira nobre que casou por amor. Em 1840 ela se casou com seu primo Albert. Não é lindo? A verdade desta relação inspirou os casais a adotar a cor branca e foi sendo multiplicada, até se tornar a cor “oficial” das noivas.

Lua de mel

Uma das origens desta tradição é italiana e conta que os convidados do casamento colocavam gotas de mel na entrada da casa dos noivos. Isso era realizado com a intenção de simbolizar a chegada de uma nova vida, agora mais doce, a dois.

Cortar a gravata do noivo e distribuir entre os convidados

Essa é totalmente brasileira! É uma forma de recolher um dinheiro extra para a lua de mel. Funciona assim: quem contribui com dinheiro ganha um pedaço da gravata, cortado na hora. Também existe uma versão com o sapato da noiva, que passa entre os convidados para receber dinheiro.

Latinhas amarradas atrás do carro dos noivos

A tradição de pendurar latinhas no carro dos noivos vem da crença que elas ajudam a afastar os maus espíritos e as energias negativas. Já era realizada na época das carruagens, com a utilização de diversos utensílios de metal.

As simbologias do casamento encantam, não é mesmo? Nossas suítes também! São ambientes elegantes e especiais, como a ocasião pede. Planeje uma noite de núpcias encantadora, aqui no Acqua!

CTA_post_600x300px_ebookacqua

Leia Mais